23 de junho de 2012

Parte 63: Espírito empreendedor aflorado.






Se a minha vida tivesse sido fácil, nada até agora teria valido a pena. Valorizo cada momento, cada conquista e cada reviravolta nela. Alguns sabem e outros não, mas foi muita dedicação para consolidar esses atuais desejos profissionais. Fico muito feliz quando sou reconhecido na rua, ou até mesmo em pleno Parque Nacional do Itatiaia, mais precisamente, nas Agulhas Negras, onde um casal de SP me abordou e disse: - Ei! Foi você que saiu na Revista Aventura & Ação com a matéria "Aventura de Peso"? A cirurgia bariátrica não só apenas me emagreceu, mas ela me proporcionou fazer inclusive algumas escolhas profissionais. Se antes era aquela gordinho que trabalhava 10 horas por dia com uma tela de computador à sua frente e mais um terno de R$ 300,00...Hoje me sinto muito melhor em poder articular e tornar sonhos em realidade, fazendo o que eu realmente sonhei pra mim, E muitas vezes sequer imaginando a atual condição física que possuo. Sei que é apenas o início, apenas mais uma semente sendo plantada, mas e daí? Não há vitória sem esforço. Ao lado do meu sócio, amigo e irmão, seja lá como devo chamá-lo, o sonhador e realizador Bruno Elias, nós criamos a primeira empresa de bike tours no Rio de Janeiro, a BIKE IN RIO, com operação e marca registradas por nós. Nós já havíamos criado A CONQUISTA Trilhas e Caminhadas, nosso produto de ecoturismo. Mas enfim, tal realização, só está sendo possível, pelo menos pra mim, pela vida nova que tenho, por poder me dedicar a um trabalho que exige esforço e misturado ao prazer de poder praticar um esporte. Mas eu estou contando tudo isso aqui por uma única coisa.

Hoje eu realmente estou muito feliz.

Luis Henrique Marques.
A CONQUISTA Trilhas e Caminhadas
BIKE IN RIO TOURS
Tour Guide.
Mtur.19.018047.96-2

Saudações.
Luis Henrique Marques.


16 de junho de 2012

Parte 62 - Relacionamentos e sexualidade.





Olá pessoal. 


Tempos atrás na internet, eu escrevi no meu profile da Rede social a citação abaixo


"Algumas vezes na vida não fazemos escolhas, simplesmente as coisas acontecem, e parece que mais uma vez fui surpreendido pela vida, e não foi diferente. Simplesmente aconteceu, assim como muitas iminentes situações que o destino me reserva. Frustrações, decepções e ilusões... Seja qual for a palavra, são coisas que também fazem parte da vida, mas isto nunca será o fim, pelo menos pra mim, que procuro usar cada um desses componentes como combustível, seja para me superar, melhorar ou mesmo alcançar os meus objetivos. Se alguma coisa não aconteceu, é porque não é dessa vez, é porque não chegou o momento, não é a hora, mas nunca será o fim! Sempre acreditei nas minhas intuições, todavia, sei que elas podem falhar, pois falhas são comuns entre nós mortais. Mas e daí? Saio de situações sempre mais fortalecido, em outra palavras... Dane-se! Estou mais forte ainda! Eu sou Luis Henrique Marques, filho único da dona Zenaide, órfão de pai, carioca de São Cristovão, Rubro-Negro, baterista, Administrador de empresas, guia de ecoturismo, apaixonado pela vida e querido por muitas pessoas."

Bom pessoal.

Eu gostaria de falar de relacionamentos e sexualidade. Tempos atrás, eu já havia feito uma postagem semelhante, todavia, falei de assuntos mais ligados ao passado, a frustração por sequer conseguir chamar a atenção de uma mulher, ou mesmo por servir de chacota entre colegas, desconhecidos e família, em face ao "tamanho" da minha genitália, um verdadeiro absurdo e que me aborrecia muito, como se todos tivessem me visto nu em algum dia da minha vida. Mas enfim, neste momento da minha vida, eu gostaria de falar mesmo da sexualidade e relacionamentos.

É verdade que ao emagrecer, e passar por isso tudo que passamos, inclusive de encontrar o meu verdadeiro "EU",  muitas coisas acontecem na esfera afetiva. Confesso que sempre tratei as poucas pessoas que me envolvi no passado, como se fossem a última "bolacha do pacote de biscoito". Tal comportamento, se devia ao fato, de eu achar que não conseguiria sucesso com mais ninguém na minha vida, pensava que não teria mais uma  oportunidade de relacionamento com ninguém.

As coisas mudaram muito, e como mudaram, realmente parece que enterrei aquela pessoa sem confiança , que para tentar agradar uma pessoa, só faltava dar a volta ao mundo. Evidentemente, não deixei de ser o mesmo cavalheiro de sempre, todavia, não mais o "bobinho da corte", até porque, penso que antes de gostar de uma pessoa, devo me amar em primeiro lugar. Inclusive eu acho que é este pensamento, de se curtir, amar a si próprio, é que me mantem bem comigo mesmo.

Confesso que experimentei situações muito boas agora, ou melhor, nos últimos dois anos pra cá, ou desde quando venho mantendo este meu foco e até mesmo aparência, fato que levo muito em consideração, já que  estou me acostumando com a minha fisionomia atual e esquecendo de vez a do passado. 

Já que estamos falando de sexualidade, aqui no blog eu falo e posso abordar o assunto abertamente mesmo. De uns tempos para cá, eu me me envolvi afetivamente com algumas mulheres, e realmente foram bastantes experiências, eu diria que em poucos meses, mais do que a minha vida inteira. Admito abertamente que foi muito bom se sentir desejado, ser paquerado e ouvir que você é incansável, que beija bem, que é "bom de cama" etc e tal. Realmente vez muito bem para os ouvidos e reflito até hoje sobre essas frases que chegaram aos meus ouvidos. Sei que para algumas pessoas, isto soará muito bem, muitos irão se identificar com essas situações, mas talvez para outros não, acho vai de cada caso, e a vida que cada um leva. Com relação a minha pessoa, posso dizer que eu precisava passar por essas coisas, é como se eu voltasse lá no passado e me sentisse com 20 anos de idade, no auge das paqueras.

Bem da verdade que venho tendo insucessos amorosos, tal fato remete a postagem realizada no meu profile, citada acima. Entretanto, essas experiências me tornaram mais forte, amadurecido, e principalmente ciente, que eu posso fazer as minhas escolhas, não é verdade? Agora posso realmente falar quem eu sou, e ver se a pessoa me aceita da maneira que eu levo a minha vida. O que quero dizer com isto? Fácil! Retifico o ditado que diz que "os opostos se atraem", besteira na minha opinião, o ditado certo seria as "semelhanças se atraem", e se a pessoa não me agrada ou eu mesmo me "engane", isto é, aquilo que eu não esperava, e pode acontecer, prefiro tentar algo, que na minha opinião, possa ser melhor. 

Então pessoal!

Agora eu faço as minhas escolhas!

Luis Henrique Marques.