15 de maio de 2011

Parte 52 - Reganho ou ajuste?


Olá pessoal!

Com praticamente três anos de mudanças de vida, cheguei a uma conclusão, aliás, já havia concluído que, a cirurgia tem prazo de validade.

Opinião minha, "ok" pessoal?

A vida se torna tão normal, que é possível até mesmo reganhar peso, e eu vejo por ai que inclusive, bastante peso para alguns. Meu peso mínimo foi 69Kg, é aquela fase que você emagrece tanto, que acaba ficando um pirulito. Muitos chegaram a comentar, alguns colegas por exemplo, que minha aparência tinha ficado envelhecida. Como sempre temos os críticos de plantão, não é verdade? Se antes fomos obesos mórbidos, que mal conseguíamos colocar o par de sapatos para trabalhar, agora que até montanhas subimos, somos sempre alvos de alguma crítica, mas faz parte da vida!

Com o tempo, e com uma alimentação melhor, nas estatísticas, é comprovado um ganho 10% de peso. Eu diria até uma forma de ajuste, porque não? Eu senti minhas pernas aumentarem, a parte do peito ganhar mais músculos e vendo minha cintura permanecer praticamente a mesma, espero me manter assim sempre!

Com os 69 Kg de um ano atrás, eu cheguei a questionar se estava engordando, mas não, ao conversar com meu médico, já era esperado esse acontecimento, e hoje com 75Kg, vejo inclusive que minha aparência melhorou mais ainda, sem contar com a parte muscular, já que as atividades ajudam bastante no condicionamento. Com a perda de peso, não eliminamos somente massa gorda, a massa magra também se perde, eu comecei a sentir o joelho reclamando, e percebi que era uma falta de musculação. Portanto, não fiquem neuróticos com a balança, controlar é preciso, mas não fiquem maníacos por reduzirem o seu peso ao máximo, eu estava nessa, mas uma conclusão eu tirei dessa, ou seja, a saúde está em primeiro lugar!

Abraços a todos e vida com saúde é o que interessa!

8 de maio de 2011

Parte 51 - Mais uma conquista.


Olá meus seguidores.

Este mês que passou foi um mês de conquistas, eu juntei alguns amigos, e ao lado deles, eu consegui fazer a Travessia mais clássica do Brasil, ou seja, a Travessia Petrópolis - Teresópolis. Foram cerca de 30 Km em 3 dias, com dois acampamentos, e enfrentando temperaturas de até zero grau na madrugada.

Quando terminei, o meu sentimento era de alegria e de realização, e durante o percurso, principalmente no segundo dia, já que andamos mais de 11 horas, pensei muito em toda a minha jornada de vida pós emagrecimento,e principalmente de como eu havia chegado num patamar de atleta, e às vezes, até superando pessoas que nunca foram obesas.

Graças a deus gente! Graças a deus que as coisas mudaram, enxergo a vida, os alimentos e perspectivas de uma outra forma. Ganhei saúde, ganhei expectativa maior de vida, eu ganhei oportunidades, essas que muitas vezes sequer me foram oferecidas!

Tem dias que eu até esqueço que fui obeso, que pesei meus 130Kg, hoje com um peso estabilizado de 75Kg, eu me sinto muito consciente de como devo levar a vida, de forma a manter este peso. Nada mais e nada menos, este é o peso certo, descobri isso tem pouco tempo, pois meu médico conversa muito comigo, temos uma relação muito aberta e franca do assunto obesidade.

Mas é isso pessoal, esta etapa está vencida, a Travessia mais clássica do Brasil foi realizada.

Para quem carregou 60Kg a mais, uma cargueira de 16Kg não iria me matar!

Curtam o vídeo no You tube.

Abraços.

http://www.youtube.com/watch?v=2WrlTvO8Mww