15 de março de 2010

Para você perguntar ao seu médico.

1) Após a cirurgia, quais são as dificuldades mais encontradas?

2) A quem a cirurgia de redução de estômago é indicada? Há alguma restrição em relação à idade ou nível de obesidade?

3) Porque umas pessoas entalam e outras não?

4) Quais são os alimentos que mais apresentam dificuldade?

5) É verdade que a maioria das pessoas, após a gastroplastia, desenvolve uma intolerância total a carne?

6) Quanto tempo depois uma pessoa pode engravidar?

7) Pílula anticoncepcional, quanto tempo depois a mulher pode voltar a tomar?

8) Quanto tempo depois a pessoa pode fazer atividade física?

9) Quais os cuidados que devemos ter, para a ingestão de medicamentos via oral?

10) O que é a síndrome do dumping? Como posso evitá-la? Se sentir os sintomas, existe algum medicamento para cortar os efeitos?

11) Porque o método da cirurgia aberta (laparascopia), e não a por videolaparascopia?

12) É possível engordar depois de algum tempo?

13) Todo paciente é passível de cirurgia plástica? Depois de quanto tempo é recomendável a plástica?

14) Vesícula. Todos obesos devem removê-la? Caso positivo, quando?

15) Porque usar o anel? Qual a função dele e porque uns possuem e outros não?

16) Existe alguma variação hormonal, tanto nos homens, quantos nas mulheres após a cirurgia?

17) Que cuidados devo ter no pré- operatório?

18) Posso beber bebidas alcoólicas após a cirurgia?

19) Como fica o funcionamento do intestino após a cirurgia?

20) Os cabelos podem cair após a cirurgia?

14 de março de 2010

Part 29 - O primeiro documento magro.

Acho que depois de um tempo, todos nós passamos por uma certa crise de identidade. Muitas vezes, aliás, quase sempre, eu paro diante do espelho e me pergunto:

- Uau! Quem é você rapaz? Quem é você que estava ausente este tempo todo?

É justamente o que acontece, quando se perde mais de 60Kg, é incrível como suas feições mudam, como o seu corpo ganha forma. Às vezes fico até pensando, como eu seria magro na época dos vinte e poucos anos...

Mas gostaria de contar um episódio interesante.


Outro dia parei numa blitz, e o policial ficou olhando uns minutos para a minha habilitação. Fiquei pensando que ele ia me chamar a atenção por algo, já que ela estava para vencer. Mas o que aconteceu, foi mais um episódio do tipo "espanto", pois depois de um tempo pensando, ele concluiu que a pessoa que estava no volante, era a mesma pessoa da foto do documento.

Foi muito engraçado o que aconteceu, e eu tive que explicar com calma para o policial, pois sinceramente, nem me toquei que ele não estava acreditando que era eu ali. Eu esqueço muitas vezes que estou diferente, não da para ficar pensando em emagrecimento o tempo todo, a vida passa e você tem que vivê-la.

Mas enfim, estou me acostumando com essas reações, eu já até comentei algumas aqui anteriormente. Só que isto mexe muito com a nossa cabeça, é como se descobrir para o mundo, renascer ou até mesmo nascer, pois no meu caso, nunca me enxerguei magro diante do espelho, é pura novidade mesmo.

Eu penso que um dia isto vai acabar, acho que quando eu encontrar, ou conviver um pouco mais, com todas pessoas que conheci no passado, esta reação vai passar, pois assim como eu, as pessoas irão se acostumar como o meu novo visual e forma. Uma vez eu disse aqui, que a primeira calça número 40, ninguém esquece! Pois é! Agora eu digo que o primeiro documento magro, a gente nunca esquece!